F1

#F1 Red Bull está convicta que alcança a Mercedes

23/07/2020

#F1 Red Bull está convicta que alcança a Mercedes

O começo de temporada da Red Bull no Mundial 2020 de F1 ficou (bem) longe do que a equipe esperava. Até o início de julho, os pilotos Alex Albon e sobretudo Max Verstappen estavam muito animados. O holandês, inclusive, acreditava que o RB16 — carro deste ano — seria ainda mais forte e veloz que o modelo da Mercedes.

Bem… passadas as três primeiras corridas do atual encurtado campeonato, Lewis Hamilton lidera a competição com 63 pontos ganhos em 78 possíveis. O britânico tem 30 pontos de vantagem sobre Max. A Mercedes venceu três corridas em três disputadas. O time alemão está na frente entre os construtores com 121 pontos. A Red Bull, em 2º lugar, tem 55.

Mas, a RBR entende que conseguirá virar o jogo nas sete provas hoje oficiais que restam na temporada (na verdade, no mínimo, ainda três corridas serão confirmadas e isso significa dez etapas a serem corridas). Ou quase. Esse entendimento é de Christian Horner, o chefão da escuderia durante entrevista para a imprensa do Reino Unido.

A crença de Horner se baseia em um carro 2020 com uma base sólida. O que realmente é verdade, o modelo RB16 é rápido e confiável. Está um passo atrás da Mercedes, mas não fosse por problemas pontuais (acidente e câmbio) nas primeiras provas, provavelmente estaria mais próximo da escuderia germânica.

Horner explicou que detalhes precisam ser corrigidos e, então, virá um ganho de performance. O desenvolvimento já está em processo, a partir da base de dados coletada na Áustria e Hungria, para ajustar as atualizações no modelo 2020 – estas não se comportaram como esperado até agora.

A ideia é que na próxima etapa da temporada, o GP da Grã-Bretanha, em Silverstone, no dia 2 de agosto, a briga com a Mercedes seja mais parelha. Porém, Horner deixa claro que os adversários são “valiosos”. Já Max Verstappen, mesmo com esperança, entende que a tarefa será muito complicada. A ver.

Rogério Elias, jornalista, fundador ao Amigos da Velocidade ao lado de Téo José, comentarista de Esportes a Motor, professor de jornalismo e palestrante. @RogerioElias.

COMPARTILHE:

Jornalista. Abril, UOL, Yahoo, Estadão, Correio Paulistano.
Comentários