Automobilismo Carros Elétricos Eletric GT Fórmula E Turismo

O triste fim de… mais uma opção

22/05/2020

O triste fim de… mais uma opção

A Jaguar I-Pace eTrophy, categoria de turismo com carros elétricos de produção, evento de apoio aos ePrixs da Fórmula E, foi definitivamente cancelada. A consagrada marca britânica de automóveis decidiu parar de investir na série. A principal justificativa, ao que parece quase incontestável devido a contexto mundial, é a pandemia de Covid-19.

Parece justo, haja vista que o montante em Euros para manter a categoria deve ser significativo. E isso quando confrontado com as previsões econômicas pós- Coronavírus explicam a cautela dos empresários. Todavia, acreditamos que a decisão tenha outros elementos contrários à manutenção das corridas.

“A competição alcançou muitos dos objetivos que nos propusemos a atingir. No entanto, durante esse período sem precedentes da pandemia de coronavírus, revisamos nossa estratégia e tomamos a decisão de encerrar a série Jaguar I-PACE eTROPHY após duas temporadas bem-sucedidas.”, comentou James Barcley, diretor da Jaguar Racing.

+ ou –

Não há dúvidas que boa parte do que a Jaguar queria, quando lançou o projeto na pista, foi alcançada. Em especial na área de marketing. Sem juízos de valor aqui. Porém, na parte esportiva faltou algo. As provas eram previsíveis, chatas, com poucas ultrapassagens. Uma marcha solene causada basicamente pelo tamanho dos carros em pistas estreitas de rua.

O fim da Jaguar I-Pace Trophy é uma pena. Mais ainda porque a possibilidade da F-E passar a correr em circuitos permanentes, nesse ano, vem sendo muito comentada. Alexandre Agag, organizador da Fórmula E, entende que essa medida será necessária por conta da Covid-19. Hoje, os protótipos elétricos usam pistas de rua em grandes cidades.

A lavoura seria salva?

A ideia de Agag é um calendário temporário de até três temporadas contemplando autódromos tradicionais. Interessante para se ver como os fórmulas elétricos se comportam. E, também, uma situação que poderia “salvar” o I-Pace Trophy. Na teoria, a competitividade dos carros de turismo iria aumentar de modo significativo em pistas permanentes.

A primeira temporada do Jaguar I-Pace Trophy — 2018/2019 — terminou com o piloto brasileiro Sérgio Jimenez como campeão. A segunda (e última) temporada está suspensa e aguarda confirmação de calendário e da estratégia de disputa diante do Coronavírus.

COMPARTILHE:

Jornalista. Abril, UOL, Yahoo, Estadão, Correio Paulistano.
Comentários