Automobilismo IndyCar Velocidade

#IndyCar: Pietro Fittipaldi mostra evolução depois da determinação

03/09/2018

#IndyCar: Pietro Fittipaldi mostra evolução depois da determinação

Pietro Fittipaldi foi um dos principais destaques da penúltima etapa da Fórmula Indy, disputada neste domingo em Portland, no estado norte-americano de Oregon. O piloto da equipe Dale Coyne foi o melhor estreante do dia e chegou na nona colocação entre os 25 pilotos que participaram da corrida – notem: ele largou na 16a colocação no grid.

Pietro sofreu um sério acidente nas 6 Horas de Spa-Francorchamps, no mês de maio, quando sofreu lesões graves nas duas pernas e voltou às pistas no final de julho. Em princípio, o piloto e seu pai temeram pela temporada 2018. Todavia, Fittipaldi mostrou determinação no período de reabilitação e conseguiu voltar para as competições em alto nível.

Portland

“Nosso objetivo era conquistar um top-10 nesta pista e fico feliz de que a gente tenha alcançado esta meta andando sempre de forma competitiva. Fizemos uma estratégia de economizar combustível no começo da corrida e ela se mostrou acertada. Quero agradecer a equipe Dale Coyne e a meus patrocinadores por mais este objetivo atingido. Agora vamos em busca de resultados ainda melhores”, diz Fittipaldi, que foi campeão da World Series em 2017.

Esta foi a apenas a quinta prova de Pietro na Indy. O piloto brasileiro se destacou na etapa passada em Gateway ao terminar na terceira posição em um dos treinos livres e ganhar dez colocações ao longo da prova.

Evolução

“A gente vem em uma evolução constante nas últimas provas: em Gateway, também andamos forte e andamos entre os primeiros e agora em Portland novamente terminamos entre os melhores. Agora nosso foco é terminar com o melhor resultado possível em Sonoma, esperando novamente andar entre os primeiros com o carro da equipe Dale Coyne”, diz Pietro.

A última etapa da Indy será disputada no dia 16 de setembro no circuito misto de Sonoma, na Califórnia.

 

 

COMPARTILHE:

Jornalista. Abril, UOL, Yahoo, Estadão, Correio Paulistano.
Comentários