Automobilismo F1

Nada de Grid Girls no GP da Áustria de F1. Só que não! #SQN

28/06/2018

Nada de Grid Girls no GP da Áustria de F1. Só que não! #SQN

Estamos a um dia do GP da Áustria 2018, no circuito Red Bull Ring, em Spielberg. E os promotores da prova já comemoram a venda de ingressos, muito melhor que a do ano passado. As vagas em hotéis, pousadas, pensões, casas de família e similares, num raio de 40 quilômetros do autódromo, estão esgotadas. O campeonato, se não é brilhante na pista nas últimas corridas, tem uma briga ponto a ponto pela liderança entre Lewis Hamilton (Mercedes) e Sebastian Vettel (Ferrari). E a equipe Red Bull, dona da casa nesse fim de semana, já ganhou duas.

Mas, os austríacos estão sentindo falta de uma coisa para completar esse quadro: as Grid Girls!

Neste ano, a Liberty Media, atual detentora dos direitos da Fórmula 1, decidiu abrir mão das modelos. “As Grid Girls não se encaixam no novo conceito de marketing politicamente correto para a família”, disse (mais ou menos) o comunicado da empresa a todos os promotores e organizadores de Grandes Prêmios. Levou-se em consideração, também, a exploração no sentido degradante das mulheres e sua imagem.

Irritação

De acordo com o jornal austríaco Kronen Zeitung, a decisão dos donos da categoria irritou bastante o magnata Dietrich Mateschitz – que a rigor é o proprietário (não só da bilionária empresa de bebidas energéticas) da equipe Red Bull e do renovado circuito de Spielberg. “A Fórmula 1 tem coisas muito mais importantes a fazer do que debater sobre Grid Girls”, disparou Mateschitz.

Especialmente no Red Bull Ring, as garotas que trabalhavam na pista não usavam roupas provocativas, insinuando sexo, com grandes decotes ou com calças muito justas. Não, não foi isso nos últimos anos. As modelos usaram no ano passado o Dirndln, um traje tradicional feminino usado na região.

Mas para os fãs das Grid Girls, na Áustria, nada está perdido. Obviamente que a orientação (em tom de regulamento) da Liberty Media será seguida. Ou seja, as modelos no caso devidamente vestidas com saias do Tyrol e Baviera não estarão na pista. No entanto,  “elas terão tarefas em diferentes áreas”, disse o porta-voz do autódromo em Zeltweg, Stefan Hötschl.

Texto original de Michael Jakl – para Kronen Zeitung

COMPARTILHE:

Jornalista. Abril, UOL, Yahoo, Estadão, Correio Paulistano.
Comentários