F1 Turismo

Mônaco além do Grande Prêmio de Mônaco de F1

25/05/2018

Mônaco além do Grande Prêmio de Mônaco de F1

O Grande Prêmio de Mônaco é provavelmente o maior e mais prestigiado evento regular do calendário da Riviera Francesa, à frente do Festival de Cinema de Cannes e do Carnaval de Nice. Todos os anos, a prova de Fórmula 1 traz uma atmosfera mágica para o Principado. É o início da temporada de verão com muitas festas particulares nos iates do porto, um clima muito cosmopolita e uma enorme quantidade de turistas (e, portanto, a receita de impostos aumenta significativamente para o governo monegasco).

O Grande Prêmio muda completamente a face do Principado por praticamente três meses, já que as ruas recebem arquibancadas temporárias, barreiras de pneus e bloqueios que são preparados com dois meses de antecedência e levam um mês para serem desmontados após a corrida. A logística é gigantesca por trás do evento – que é organizado pelo Automobile Club of Monaco.  O GP de Mônaco foi realizado pela primeira vez em 1929. embora a primeira corrida oficial no calendário da Fórmula 1 tenha sido em 1950.

Mas tudo tem suas desvantagens: a infraestrutura de transporte fica prejudicada e os preços tendem a ser inflacionados, especialmente para acomodação no famoso Principado. A cada ano, com a etapa monegasca da Fórmula 1, atrai uma multidão de mais de 120 mil pessoas para a região.

Além da F1

Quando em Mônaco, existem outras coisas a se fazer além das atividades ligadas ao automobilismo. Entre estas: uma visita ao famoso cassino de Monte Carlo onde a entrada custa 10 euros e, necessariamente, precisa-se estar bem vestido; uma passada na boate (ou casa noturna/clube) La Rascasse do qual se diz ser um ótimo lugar para um Happy Hour; e, claro, visitar o Palácio Real do Principado.

E ainda tem a belíssima e histórica Nice (cidade na França que fica a cerca de 21 quilômetros do Principado). A cidade velha não é o lugar mais barato para se ficar, mas vale a pena uma visita se você tiver tempo de sobra na cidade. O Vieille Ville com suas pequenas ruas sinuosas e telhados vermelhos, arquitetura colorida, mercados de alimentos e pequenos cafés acolhedores é um lugar ideal para sentar-se  e ver o mundo passar – sem contar que a cidade velha tem uma série de excelentes restaurantes.

Mônaco sem corrida

O Principado é um destino turístico durante todo o ano (sobretudo, na primavera e verão europeus). Chegando-se lá em época sem corrida, a dica é alugar um carro e tentar fazer o circuito de Fórmula 1. O traçado completo não é possível porque existem mãos de direção diferentes. Porém, boa parte da pista pode ser apreciada ao volante como a Subida do Cassino, a curva Mirabeau , a curva da tabacaria, as piscinas, La Rascasse, reta principal e a curva Saint Devote. E se não conseguir de carro, faça a pé mesmo.

COMPARTILHE:

Jornalista. Abril, UOL, Yahoo, Estadão, Correio Paulistano.
Comentários